Economía

Homem é preso enquanto tentava furtar bens em apartamento em Ipanema

Las provincias de Santa Fe, Mendoza, Catamarca y Misiones abrieron sus sesiones ordinarias

Também: Dois homens são presos acusados de roubo de carga de empresa de telefonia

O preso é natural de São Paulo, mas integrava uma organização criminosa voltada à prática de furtos em residência em bairros nobres do Rio de Janeiro. De acordo com a titular da 14ª DP, Natacha Alves de Oliveira, Castro foi preso pela Polícia Civil de Goiás em 2019 ao furtar R$ 100 mil de uma residência. Ele será encaminhado para o sistema prisional.

RIO — Na última sexta-feira, 30/04, policiais civis da 14ª DP (Leblon) e agentes do programa Ipanema Presente, prenderam em flagrante Matheus Ribeiro de Castro quando ele tentava entrar em um apartamento na Rua Prudente de Moraies, em Ipanema, para roubar joias e dinheiro.

Leia mais: Delegacia de Informática investiga vazamento de foto íntima de ex-namorada de Jairinho após depoimento

De acordo com o registro de ocorrência, uma testemunha viu Castro chegar ao condomínio por volta das 10h40,  e se identificar como filho de um morador. No entanto, o nome que ele usou era do filho da síndica, o que chamou atenção da testemunha. Ele entrou rapidamente no prédio e foi em direção ao elevador olhando para trás. Castro teria saído do local e retornado com um homem magro, pardo e com camisa preta. Na volta, eles foram abordados pelo porteiro e resolveram fugir em direção ao Leblon. O porteiro os perseguiu com a ajuda de um motorista. Quando Castro estava na altura da RUa Garcia D’Ávila, uma viatura da Polícia Civil passou e com a ajuda de policiais militares, ele foi preso.

Também: Dois homens são presos acusados de roubo de carga de empresa de telefonia

O preso é natural de São Paulo, mas integrava uma organização criminosa voltada à prática de furtos em residência em bairros nobres do Rio de Janeiro. De acordo com a titular da 14ª DP, Natacha Alves de Oliveira, Castro foi preso pela Polícia Civil de Goiás em 2019 ao furtar R$ 100 mil de uma residência. Ele será encaminhado para o sistema prisional.